10 recomendações para as marcas durante a pandemia

 In Mercado

Esse é um período relativamente novo para o mercado e as marcas estão tendo que aprender a lidar, de maneira instintiva e estratégia, com a pandemia que acerca o mundo. Tendo isso em vista, Gad’, consultoria de branding e design, elaborou um documento com 10 recomendações para as marcas durante esse momento.

A empresa afirma estar acompanhando os movimentos no mercado nacional e internacional e, debatendo sobre os aprendizados, resolveu compartilhar esse documento.

Abaixo é possível acompanhar tópico por tópico:

  1. Rápido, mas devagar

Cuidado para não tentar pegar um atalho na hora de assumir um novo discurso, uma nova verdade. É bom refletir mais antes de tomar posições.

  1. Simples e verdadeiro

A importância está, acima de tudo, no fazer e no fazer simples, que passa a ser a medida e o melhor meio de transmitir a verdade do que estamos fazendo.

  1. Todos têm valor

No momento atual, cada empresa deve olhar para sua cadeia de valor e reconhecer que faz parte de um sistema, um sistema que se auto alimenta. De parceiros a concorrentes, todos são importantes, e cuidar de quem está ao seu redor também é cuidar de você.

  1. Crenças e valores, mais do que propósito

Neste momento em que ações humanitárias e solidárias têm sido naturalmente mais praticadas, nossa recomendação é que elas sejam baseadas nessas crenças e valores, e não na declaração apressada de um propósito.

  1. Mais do que próximo, empático

A saída para mais proximidade neste momento não envolve só estar conectado. Para estar perto, não basta estar cara a cara: tem que ter empatia. Ela é a chave para compreender o momento do outro e poder, enfim, apoiá-lo.

  1. De repente, tudo é possível

Soluções criativas e, principalmente, adequadas ao momento têm dado destaque a muitas iniciativas e, mais importante, aberto o caminho para a descoberta de novas possibilidades para marcas, negócios e pessoas.

  1. Serviço, serviço, serviço

O crescimento dos serviços nas últimas décadas tem sido exponencial em relação à indústria, varejo e outros segmentos. É claro e entendido por todos os líderes de negócio que a grande criação de valor se dá por meio de serviço, e muitas novas marcas que temos visto nascer já partem desse pressuposto.

  1. Faça, não fale

O momento pede atitude, pede ação. Se você acredita que sua marca pode ser relevante agora, apoiando não só sua cadeia de valor, mas a sociedade como um todo, talvez a promoção disso não seja tão essencial agora. Mais do que falar ou assumir posicionamentos, algumas marcas têm trazido ações efetivas para as pessoas, seja ajudando diretamente no enfrentamento da disseminação, seja auxiliando as pessoas afetadas. E são elas que estão criando valor através de uma entrega efetiva para as pessoas e para a sociedade.

  1. Necessidade, não desejo

Em um momento de crise humanitária, marcas com discursos que enfatizam o indivíduo, seus desejos e sonhos podem soar mais egoístas do que nunca. Assim, se esse é seu caso, é hora de repensar suas ações.

  1. Menos, só o relevante

Algumas marcas entenderam que agregariam mais tirando suas campanhas do ar ou substituindo-as por mensagens informativas em prevenção à Covid-19. Assim, elas mereceram destaque de nosso último tópico ao inaugurarem um novo jeito de se conectar mais: falando menos.

Caso haja maior interesse, a Gad’ disponibilizou o documento para download em seu site e basta preencher um formulário para receber o arquivo.

Recommended Posts